08 agosto 2009

Criança.

Não erra criança, você não se basta
a culpa é sua, pra que vai tão baixo?
custa assumir o erro? isso lhe dá desespero?
Não fale criança, fique muda
cale-se mesmo ao escutar qualquer coisa absurda.
Não faça amigos,você só escolhe errado
aprenda o certo logo pra não ser julgada.
Chora pela morte, mesmo que seja ficticia
mas sua frieza todos notam, criança difícil.
Vê o mundo pelo seu foco, e embaça o resto como foto,
não tem nada pra fazer, e ainda assim não tem tempo.
Você é feliz? não é nem dona do próprio nariz!
Aposto que agora vai correr para o teclado
e descrever um mundo a qual ninguém é culpado.
Te conheço bem, sei o que quer, sei o que tem
sei muito bem tudo que vai e tudo que vem!
Não chora criança, lágrimas não salvam
não sorria criança, sorrisos nos travam.
Não traga problemas, não sofra dilemas,
não ame ninguém, não erre também.
Pare de sonhar, foque-se em estudar,
que na verdade é só o que você tem pra fazer
pare de centralizar tudo em você.
Não se magoe criança, não trate ninguém como coisa
a coisa insencível aqui é você,
volte ao passado, tente rever,
espero que você mude, estou tentando crer!

Camila Oaquim.

3 comentários:

Vini e Carol disse...

Nossa, que judiação. rs
Vim aqui achando que teria um lindo post sobre as crianças, e eu vi praticamente o que era quando era pequeno.
Só fazia coisas erradas, tomava bronca, e quase não podia ter amigos. kkkk
Beijos.

Whiskley Lee disse...

Nossa! ME-DO!
Você falou como se fosse minha mãe :O
Lembrei da minha infância...droga! Queria ter esquecido... ¬¬

Você tem que parar de contar a minha vida aqui... desse jeito... kkkkkkkkkkkk'...

Adorei mesmo assim... :)
Beeeijos
:*

Daniel Braga disse...

Amore.. adorei. Você soube descrever realmente.. é o que acontece. Parabéns.

;)

Postar um comentário