12 março 2010

Ao leitor

Minha querida platéia que hoje me cerca, controla o rumo da minha vida entendendo-a como peça, claramente interrompida e questionada pelos mais próximos ao palco. Se alguém lhes disser que viver é fácil, sintam se enganados. Sejam espertos e reconheçam a tolice de mascarar a realidade sem acreditar em tal ilusão pois, caso acredite, a vida que antes era sua se tornará comédia para a platéia que, quase sempre, há de lhes julgar minuciosamente.
A tolice de acreditar na facilidade da vida não foi a minha, entretanto vim acreditando na facilidade do amor que, dia a dia, vem mostrando sua tamanha complexidade desmentindo meus pensamentos. Ora, pois se tolice tem o mesmo nome mesmo tendo diferentes justificativas, digo-lhes agora que alertei-lhes do mal que sofro. A comédia que antes protagonizava, de tão escandalosa e contínua acabou normal e sem graça à platéia que já deixou de rir para se apoderar das decisões que me caberiam.
Se isso me irrita? Claro, mas não haveria porque gastar-lhes o tempo da leitura descrevendo a minha insatisfação. É preciso força, muita força para deixar de ser espectador da sua própria vida para ser autor, protagonista e crítico satisfeito. Mas como já lhes alertei a vida não é fácil, não querendo dizer que é de todo difícil, a arte de viver é justamente saber estar ao palco tanto quanto na platéia. É preciso peça, mesmo que sem rumo, arte mesmo que sem uma interpretação adequada, pois o tempo de acertar ou errar só existe enquanto as cortinas não se fecham e, acredite, destas ninguém sabe.

Camila Oaquim.

3 comentários:

Thaís disse...

"... pois o tempo de acertar ou errar só existe enquanto as cortinas não se fecham e, acredite, destas ninguém sabe."

amei! e essa parte ta mtu foda

Myrella Andrade disse...

Todo mundo vive dizendo que você escreve muito né?!
Mas olha,é verdade.Manda muito bem!
beijos :)

Chazzy Chazz disse...

Concordo desde sempre com a Myrella, cada dia melhor incansável, já achei solução pras minhas duvidas em suas palavras, e pode acreditar foram muitas as soluções devo a você grande parte do meu sucesso Camila.
Obrigado
E PORRA CADÊ A MERDA DO LIVRO

Postar um comentário