04 abril 2010

Eu te juro, te daria se pudesse, esse amor todo o dia ♪

Coração que apanha não cansa de bater
A toda hora, buscando razão de existir.
Meus olhos livres prenderam-se a você
E ainda soltos, não querem fugir,
O sentimento irredutível se mantém
A ferro e fogo, me matando só por ser
E me manter tão certa e medrosa
Do que sei que sinto e do que vai acontecer.
Por tanto amor, a ausência me mata
Enquanto disfarço, mal, que estou bem
E quando ríspida por obrigação
A palavra que sai em vão, rasteira
Me crava o punhal às costas
Matando minha ilusão, certeira.
Então eu choro em silêncio
Com meus olhos que serão seus,
E tento colar parte por parte
O coração que a tristeza moeu,
Continuo temendo inquestionavelmente,
Só não sei se por te amar tanto e sempre
Ou por poder te ter continuamente ausente
Mas, caso tudo dê errado e, consequentemente,
Eu tenha que fazer o certo, meu bem
Não pense que será fácil sorrir.
Caso tudo dê certo e, constantemente,
Você esteja aqui, meu amor
Nunca irei te deixar partir.

Camila Oaquim.

1 comentários:

Se... disse...

Ta apaixonada... eu sei eu sei....XDDD
Demais esse texto! Demais mesmo... =)

Postar um comentário