13 dezembro 2009

Pecado.

Vi o céu na Terra, fiz da Terra inferno. Enquanto isso ela me trazia as estrelas e todo o misto de sensações que eu tanto queria depois de suas promessas. Dormi vendo o Sol nascendo enquando ela sussurrava no meu ouvido o quão intenso era seu sentimento por mim. Nesses últimos tempos aprendi a ser assim, quem eu quero, de quem eu quero, por quanto tempo eu quiser. Ter quem eu quero, quando eu quero e por quanto tempo minha vontade colaborar. Mas ela me quebra, me colocaria do avesso e depois de volta ao normal se quisesse, acho que de tão difícil ela se tornou o meu pecado preferido, o meu amor mais bem vivido, a única pessoa que eu torço a cada dia pra não se parecer comigo a ponto de algum desses dias se enjoar e não me querer mais, porque mulher como essa nunca mais aparecerá na minha vida, e não quero que apareça pois pra mim basta ela, só ela, pra sempre. Em quanto ela me quer continuo pecando e vendo céu e inferno habitando o mesmo lugar, esperando a próxima estrela que ela irá me entregar.

Camila Oaquim.

3 comentários:

Jonas disse...

Pecado...legal, parabéns. vc escreve muito bem!

laisa disse...

profundo... gostei... além de corajoso! muitas pessoas não teria coragem de escrever nem a metade!

Camilla . disse...

"Mas ela me quebra, me colocaria do avesso e depois de volta ao normal se quisesse, acho que de tão difícil ela se tornou o meu pecado preferido" A.R.R.A.S.O.U ;)

Postar um comentário