07 fevereiro 2010

Did it again ♪

Vá dormir e lembre de mim, chame meu nome, sinta minha falta. Me tenha na memória como já teve em teus braços, me prenda pra que eu nunca mais possa sair. Acorde, olhe pro lado e veja que não estou ali, mas, tenha a certeza de que não é por falta de querer. Sonhe acordada e me encontre assim, enquanto a distância te marca em mim, me marca em ti, nos marca deixando irem embora as marcas deixadas por nós. Espere, que logo logo estou de volta, porque só em teus braços sinto o conforto que a minha cama já não me trás mais. E, caso eu demore, não esqueça.. te amo!

Camila Oaquim.

5 comentários:

Chazzy Chazz disse...

Definitivamente vc sabe o limite entre se expor e se esconder em emio a um emaranhado de palavras, pra alguns pode parecer apenas mais uma de suas belas passagens, para outros tem tanto sentido quanto Freud para psicanalistas,
VC NAO PRESTA CAMILA
mas soube usar cada palavra mais do que perfeitamente
CADO O LIVRO PORRA

O mundo de cada um disse...

Pra quem é esse recado?

Leó disse...

Olá, Estou montando uma comunidade nova para divulgar o maior número
possivel de blogueiros no orkut, estou te convidando:
se tiver interesse divulgue seu blog lá também e Aumente Suas Visitas:

Blogosfera - Brasil - (Nova comunidade de blogueiros)
Divulgue seu blog lá!

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97889392

Lelê Mafalda disse...

Ah, então não demore! Ausencia dói.

B. disse...

Caralho, esse texto é quase um orgasmo de tão lindo...

Postar um comentário