14 fevereiro 2010

Marcas

Então eu vou te agarrar, te prender, te marcar, vou tentar provar que você é minha, fazer você me querer, fazer você me amar. Então eu vou te ter em minhas mãos, te ter em meus braços como tenho no coração, vou tentar matar a angústia dizendo repedidas vezes que você é minha e depois, quando você chamar meu nome e dizer que me ama, vou me desesperar e me aconchegar nos seus braços tendo a certeza que eu posso te arranhar, te morder, te marcar e dizer que você é minha mas que, a qualquer momento, você pode me abandonar com ou sem marcas, porque você só é minha enquanto quiser. As suas marcas mais profundas não são visíveis, as mais duradouras não estão no meu corpo e sim no meu coração. Vou te abraçar e te agarrar, gritar seu nome e te apertar contra o meu corpo, me marcarei na sua pele até me marcar em seu coração e sei que ainda assim talvez eu corra riscos, mas por você vale a pena.

Camila Oaquim.

3 comentários:

Ágata. disse...

Caralho, que tenso rsrs'

"me marcarei na sua pele até me marcar em seu coração e sei que ainda assim talvez eu corra riscos", mandou cara.

Isabela Moraes disse...

texto-tentador, rápido e prende a atenção.

mas não acho que alguém que ama pertence ao ser amado só enquanto quer. concordo que correr riscos por quem a gente ama vale a pena.

beijos ;*

Felipe disse...

Marcas adoro marcas
texto realmente tentador
muito bom
se superando sempre

Postar um comentário