10 janeiro 2010

Ontem, hoje, sempre.. eternamente ♪

Você é como se fosse chão que quando eu pisei se tornou céu e, de repente, eu me dei conta de que não sei voar. Você é como asa que não me deixa cair e, a gravidade que cisma em me puxar pra baixo.Você é como um ponto final, que por acaso se multiplicou por três fazendo do fim incerto.É como se fosse um molde perfeito, explicando o porque de ser tão bom abraçar você.
Ontem, sim, disse que te amava. Acredite, sei exatamente o valor de cada palavra. Te amo. Hoje, e sempre. E não há tempo que mande nos meus sentimentos.
Sei que se pisar nas nuvens terei asas pra não cair e, se por acaso eu me cansar de voar, sei que a gravidade irá me puxar para o chão que, com certeza irá me ajudar a caminhar. Sei que posso escrever inúmeras frases modificando a história e ainda assim usar de artifícios pra esta nunca acabar, não gosto de solidão, nunca deixaria um pobre ponto ser final. Eu sei, tenho certeza de que, caso eu esteja de braços abertos, e estarei, você virá me abraçar.
Você foi meu passado, você é meu presente e se fará futuro. Você é e faz parte do meu mundo.Você foi meu sonho mais lindo, acredite, agora você é a minha realidade. Amor nunca morre, amor nunca acaba.

Camila Oaquim

3 comentários:

Phelipe disse...

A música do titulo e linda...
Vc me surpreendeu mais uma vez, sabe disso...
Continue assim amiga, ouso dizer que esta belissimo seu texto.

Jhonny disse...

*-* fez eu lembrar da minha ex.

Chazzy Chazz disse...

nem gostei

Postar um comentário